Em festas, nos bares e em confraternizações especiais, servir o chopp ideal não é uma tarefa tão simples como parece.

Para tirar o melhor chopp, existem diversos detalhes que devem ser levados em consideração: a temperatura e o colarinho certos, a escolha do copo para a bebida e vários outros fatores.
Confira algumas dicas que podem ajudar a tornar a sua bebida ainda mais saborosa.

1. O copo
Para um bom chopp é preciso ter o recipiente adequado para servi-lo. O copo perfeito deve evitar a perda de gás e a queda de espuma, além da oxidação do chopp. O copo que utilizamos geralmente em nosso país para esse tipo de bebida é o Lager, em que o bocal é mais fechado.

2. A Higiene
É fundamental a limpeza do copo antes de servir o chopp, ele deve ser lavado em uma solução de sabão e na água corrente, pois resquícios de gordura, detergentes ou sabão acabam com a espuma do chopp. Em seguida o copo deve entrar em contato com água gelada, para garantir a temperatura do chopp.

3. A perda
O jato inicial do chopp que sai da chopeira não vai para o copo, é jogado fora para garantir que a bebida chegue até o consumidor mais fresca.

4. O ângulo de retirada
O ângulo ideal de retirada do chopp, para que a bebida tenha a quantidade certa de espuma e líquido é 45° entre o copo e a chopeira.

5. A Guilhotina
Para que a espuma dure por mais tempo, o excesso deve ser retirado com o auxílio de uma espátula, após a retirada do chopp.

6. O colarinho
O famoso ‘colarinho’ é essencial no cálice de chopp , formado no momento em que o copo está cheio e retorna para a posição vertical. A espuma deve ser de 2 dedos ou 3cm (em média).
Alguns não gostam , mas o colarinho preserva a temperatura, o sabor, o aroma e o gás do chopp.

E por último, é claro que não pode faltar o brinde na mesa de amigos. Esse é essencial!